Sacramentos

Sacra (sagrado) + menta (memorare – recordar). Recordar do sagrado. Eles são sinais eficazes da presença de Deus em nosso meio. Sinais porque recordam, comunicam, exprimem, tornam presente uma realidade que poderia estar ausente, além de sinalizar a presença e a graça de Jesus.
Toda a comunidade pode celebrar os sacramentos por meio da chamada celebração litúrgica, esta é composta por sinais e símbolos que se referem à criação (água, luz, fogo), à vida humana (lavar, ungir, partir o pão) e à história da salvação (os ritos da Páscoa). Inseridos no mundo da fé e assumidos pela força do Espírito Santo, esses elementos cósmicos, esses ritos humanos, esses gestos memoriais de Deus se tornam portadores da ação salvadora e santificadora de Cristo.
Os sacramentos atingem cada um de seus membros de modo diferente, conforme sua participação efetiva, eles são sete,

Batismo Primeira Comunhão Crisma Penitência Unção dos Enfermos Matrimônio

 

7. Ordem: compreende três graus: o episcopado, o presbiterado e o diaconato. Confere a missão de animar o povo cristão a viver o Evangelho e a evangelizar o mundo, é também a continuidade da missão dada por Cristo aos apóstolos. Seu sinal é a imposição das mãos.